A Parábola do Filho Pródigo!

A parábola do filho pródigo é citada em (S.Lucas 15.11) ; aonde fala de um homem que tinha dois filhos, um certo dia o mais moço chega a seu pai e pede parte da fazenda que cabe a ele como herança.

Esse jovem com seus bens em mãos, agora sai da casa do pai, e vai se deleitar com a herança recebida.

Há alguns ensinamentos nesta parábola que Jesus contou de extrema importância em nossas vidas; pois precisamos levar a parábola do filho pródigo pelo lado espiritual.

 

A saída da casa do Pai :

filho pródigo

Para este jovem a casa do pai já não tinha tanta importância para ele, agora com dinheiro no bolso o filho pródigo, pode ir para onde quiser, fazer o que lhe convém, na mente desse mancebo ter uma vida de liberdade. Infelizmente vemos muitos Filhos Pródigos hoje dentro da igreja.

Acham que podem sair para o mundo afora, e desfrutar de prazeres carnais, terem uma alegria passageira, pois é isso que o mundo oferece.

As dificuldades no caminho

No início de sua saída o mancebo tem dinheiro, gasta como pode, tem amigos. Mas chega o momento que o dinheiro acaba, e os amigos se distanciam, sozinho sem recursos, é assim que o filho pródigo se vê. A terra aonde está agora passa fome e necessidades.

Sai a procura de um lugar para trabalhar para garantir seu sustento, chega á um estado de humilhação, pois o único trabalho que encontra é cuidar de porcos; imagine até que ponto aquele jovem chegou; desejando comer as bolotas que os porcos comiam, pois ninguém lhe dava nada.

Com o filho pródigo aprendemos que ninguém é feliz longe da presença de Deus, nos momentos de dificuldades só teremos socorro se estivermos na casa do Pai, com a ajuda de Deus.

A decisão de voltar para Casa do Pai

Depois de chegar a um estado lamentável, o filho pródigo decide voltar para o lugar, da onde nunca deveria ter saído, que é a casa do Pai; e ele diz: Levantar me ei e irei ter com meu Pai, e dir-lhe- ei: Pai pequei contra o céu e perante ti. Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze me como um dos teus trabalhadores. ( S.Lucas 15.18)

Esta foi a decisão mais sábia do filho pródigo, voltar para a casa do pai, arrependido por ter saído, por ter abandonado sua casa, sua família, em busca de prazeres passageiros.

E o pai que nunca desistiu de esperar o filho voltar, o recebe de braços abertos, o aceita com o mesmo amor de antes.

Conclusão

Esta parábola serve para nos mostrar que para sermos felizes só se estivermos na casa do Pai, aqui no sentido espiritual, na presença de Deus; pois em Salmos 34.9 diz: Temei ao Senhor vós os seus santos, pois não tem falta alguma aqueles que o temem.

E com certeza o Senhor está de braços abertos para receber você que por algum motivo saiu da casa do Pai, é tempo de voltar, pois como o filho pródigo se arrependeu; é tempo de arrependimento para você também; decida hoje estar de volta a Casa do Pai.

Pois com certeza Deus tem um lugar preparado para você!

Gostou, Compartilhe!

1 Comentário

  1. Roberto

    eu gostei muito aprendi muito muito bom mesmo vale apena estudar legal uma escola bíblica eu recomendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *